Ocorreu um erro neste gadget

sexta-feira, 31 de agosto de 2012


Atividade 3.3 – Socializando experiência com projeto

Sandra Senne


Público alvo: Ensino Fundamental e Médio

Estrutura curricular: História, Português, Sociologia, Filosofia, Geografia

Duração da atividade: de 01 a 08 aulas

1. Tema: Eleições do município de Osasco 2012

2. Objetivos: A educação sempre esteve voltada às atitudes sociais, sendo que a escola é tida como base para formação de indivíduos conscientes, responsáveis e transformadores da sociedade em que estão inseridos. Dessa forma, o esclarecimento, conhecimento, discernimento e desenvolvimento do senso crítico, colaborarão para que o aluno torne-se um indivíduo ciente de seu papel na sociedade e questionador da sua realidade.
Não podemos ficar só na teoria, é preciso partir para a prática e levantar discussões que mostrem caminhos para a melhoria de nossas condições de existência.

3. Recursos: Sala de informática (sites de pesquisa, Word, Power point etc.), impressora, xerox, sala de vídeo (filmes entrevistas com candidatos etc.).

4. Prática: Envolvimento, comprometimento com as atividades propostas, responsabilidade e cooperação com os colegas. Uso consciente e proveitoso das tecnologias como: atenção, concentração e desenvolvimento da leitura e escrita. Desenvolvimento também do raciocínio crítico.

5. Procedimentos metodológicos: Os alunos em grupos de até 05 pessoas pesquisarão, em sites indicados pela professora, a história das eleições na cidade de Osasco. Pesquisarão as funções de vereadores e de Prefeitos, quantos vereadores temos em Osasco, quantos candidatos existem hoje, quais seus partidos e coligações. Os grupos deverão criar em Power Point um resumo da história política de Osasco.

6. Avaliação: A avaliação será sobre o envolvimento do grupo no trabalho e na eficácia da apresentação final.

7. Conclusão: Há a necessidade que o educando participe dos grandes momentos de sua sociedade como é o caso das eleições municipais que poderão transformar sua vida. Dessa maneira, ele como jovem ingressante no universo social deve agir de forma crítica e transformadora. Para isso a orientação que se inicia na escola é de fundamental importância para que seu envolvimento com as questões que dizem respeito à sua realidade o levem para uma melhor reflexão sobre os problemas que nos afetam.